Anunciar em Família

Quando pensamos na palavra anunciar, é normal que venha à nossa cabeça algo relacionado a “ir para fora”. Ir ao mundo para dizer algo a alguém. Não está errado. Grandes profetas anunciaram ao mundo a beleza do céu que estaria para chegar com a vinda do Cristo. Mas hoje, quero falar ao seu coração sobre a importância de anunciar o bem, a palavra de amor, dentro da nossa família. Sim, vamos interiorizar esta verdade para que este anúncio aconteça de dentro para fora.

Anunciar é comunicar. Sem dúvida que sim, mas também é participar. Isso mesmo!! Participar da vida do outro. O problema é que hoje nossa participação na vida do outro tem sido cada vez mais virtual. Gastamos uma infinidade de minutos, horas, debruçando sobre a vida alheia, mas não temos tempo para nos conectar com nossas esposas, filhos, parentes ou amigos. Os filhos dizem que não falam com seus pais afinal não são compreendidos e os pais dizem que não falam com seus filhos porque eles é que não entendem o que falam. É um ciclo vicioso é perigoso.

Mas é possível mudar esta história! É preciso converter-se. No sentido mais literal da palavra. Significa mudar a rota, mudar a direção, mudar o rumo. Se me vejo caminhando por um lado, mesmo acomodado e conformado, me encorajo e me desapego da situação que vivo e vou para o outro lado. É como nadar contra a corrente daquele hábito danoso, maldito que tanto estou apegado. É querer buscar ser incomum, porque o comum já não nos basta. É querer crer que ser diferente nos torna melhor, porque o que nos diferencia do comum é o bem que Cristo nos ensina. Ser família é anunciar e viver o amor. Uns aos outros, e todos ao mundo.

Faça um comentário