A mansidão de um coração

Um alpinista que quer chegar no topo da mais alta montanha precisa tirar os pés do conforto e solidez do chão para ter sucesso. Desistir da difícil tarefa talvez até fosse mais fácil, mas não é isso que importa. Ele quer vencer o medo, as dores, as próprias frustrações. O alpinista quer ir em frente. Quer subir.

Nossa vida não é diferente dessa montanha. E a atitude de ir em frente também não. A diferença é que nós não estamos sozinhos nesta escalada. Jesus sobe conosco. Carrega nosso fardo mais pesado. Limpa o suor do nosso rosto, chora nosso choro e nos encoraja na dificuldade.

No evangelho de São Mateus cap 11, 28-30 Jesus nos diz: Vinde a mim , todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei . Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve.

É aqui que Jesus revela a misericórdia do seu coração. Um coração que alivia a opressão da nossa carga, do nosso jugo diário. E propõe que tomemos o Seu fardo que é leve. Perceba que não há espaço para desistência. Porque também teremos algo a carregar. Diante de um coração que é pura misericórdia, temos a chance de viver e enfrentar com coragem os problemas e os fardos cotidianos. Talvez esta incômoda  situação não termine no tempo que nossa humanidade deseja. Mas estou certo que ao assumir o jugo suave do Cristo nossa jornada será intensa, exigente de responsabilidades, mas com certeza será mais leve e mais bonita. Há uma montanha a ser escalada? Não vá sozinho. Suba com Jesus!!

Faça um comentário